Novas imagens e dados técnicos do próximo VW Amarok

A nova geração da picape da marca alemã será apresentada este ano e se tornará a prima em primeiro grau da nova Ford Ranger

Novas imagens e dados técnicos do próximo VW Amarok
(Divulgação / volkswagen)

A Volkswagen apresentou uma nova imagem da próxima geração do Amarok, modelo que até agora ainda se encontra em “modo teaser”, embora a sua apresentação esteja prevista para este ano.

Publicidade

Além do fato de os testes já terem começado, no momento vimos uma fotografia que mostra sua frente e outras em que pode ser vista de diferentes ângulos fazendo atividades off-road. Desta vez, no entanto, a foto do teaser mostrou o próximo caminhonete na neve com um trailer na traseira e muita carga na caçamba.

À primeira vista, parece uma versão muito equipada com diferentes elementos que fazem com que pareça muito robusto. Entre eles, destacam-se as cavas das rodas pretas, estribos e rodas especiais.

É importante lembrar que o Amarok II será um primo do novo Ford Ranger, embora diferentemente do modelo oval, ele só será produzido na África do Sul. Na Argentina, a geração atual continuará sendo fabricada (terá restyling?), enquanto no caso da geração inédita da caminhonete americana, verá a luz do dia na linha de montagem Pacheco (Buenos Aires, Argentina) em 2023, onde também poderá ser produzido seu irmão SUV, o Everest.

Embora na época o Amarok II também fosse fabricado no país vizinho, a Volkswagen desistiu de realizar esse projeto. De qualquer forma, ainda não se sabe se no futuro a empresa alemã decidirá produzir a segunda geração dessa picape na Argentina, como indicavam os planos originais. No entanto, há rumores de que um novo caminhonete compacta chamado Tarok poderá ser produzido na Pacheco.

Publicidade

Voltando às imagens recentemente reveladas, também é relevante o interior do que poderia ser o Amarok II com uma central multimídia e um instrumento totalmente digital que simula o analógico.

Outra das novidades que a marca revelou são algumas dimensões, já que indicou que será 10 centímetros mais comprido (de 5,25 m para 5,35 m) e 4 cm mais largo (vai passar de 1,95 m para 1,99 m).

Debaixo do capô, a Amarok II deveria contar comos mesmo propulsores que a nova Ford Ranger, embora a grande novidade seja o V6, já que a próxima geração da picape alemã também terá um motor turbodiesel com essas características, como acontece hoje.

Publicidade

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da PERFIL Argentina.