Carros

Novo Everest e novo Ford Ranger têm vida longa

A arquitetura da picape e de seu derivado SUV teriam longa vida útil, com materiais e equipamentos de alta qualidade.

Novo Ford Ranger e novo Everest têm vida longa
Ford Ranger e Everest, nova geração da família (Crédito: Divulgação/Ford)

Após a estreia mundial, a Ford prepara-se para a produção do novo Ford Ranger na fábrica de General Pacheco, na Argentina, a partir de 2023. Embora as obras já tenham começado, diz-se também que o Everest, seu irmão em formato SUV, seria adicionado à linha de montagem da planta de Buenos Aires.

Publicidade
Novo Everest e novo Ford Ranger têm vida longa
Novo Ford Ranger (Crédito: Divulgação/Ford)

Enquanto aguardamos sua chegada, o site ‘Cars Guide’ indicou que o novo Ford Ranger e o novo Everest poderiam ter uma longa vida útil, e durariam pelo menos até 2030.

Novo Everest e novo Ford Ranger têm vida longa
Novo Everest (Crédito: Divulgação/Ford)

Embora exista vários fundamentos que sustentem essa possibilidade, o mais importante é o grande trabalho que vem sendo realizado, e inserido no novo Ford Ranger e no Everest, para desenvolver um modelo inovador com alto nível de equipamentos em termos de segurança, conforto, mecânica e tecnologia.

Outro dos principais pontos a ter em conta é o comboio motor, uma vez que esta geração suportará as modificações que serão feitas nos próximos anos de acordo com a “passagem” da combustão para a elétrica. Isso significa que haverá variantes a gasolina e diesel, outros híbridos, e também é esperada a criação de uma configuração totalmente elétrica, o que é um grande avanço para o planeta em relação à sustentabilidade.

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina.*

Publicidade