Putin diz que atacar Ucrânia era a única opção

Esse foi um dos poucos pronunciamentos do líder russo desde o início da guerra com o país. O governo russo chama o ocorrido de “operação militar especial”.

putin-diz-que-atacar-ucrania-era-a-unica-opcao
Vladimir Putin (Créditos: Peter Muhly – WPA Pool/Getty Images)

Vladimir Putin afirmou nesta terça-feira (12) que “não tinha opção” a não ser realizar ataques contra a Ucrânia. Esse foi um dos poucos pronunciamentos do líder desde o início da guerra com o país.

Publicidade

O governo russo chama o ocorrido de “operação militar especial”. O discurso foi feito em uma cerimônia de premiação do Cosmódromo de Vostochny, um centro especial no leste do país.

De acordo com o portal G1, Putin afirmou que objetivos de guerra são “claros e nobres” e que as tropas russas vão alcançar todos os objetivos na Ucrânia. Ainda, afirmou que as tentativas de isolar ao país, em referência as sanções de demais países, iriam falhar.

Entenda o conflito

Desde o dia 24 de fevereiro, Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Publicidade

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.

 

Publicidade