Auxílio-Doença INSS: Conheça as Novas Facilidades Digitais!

Antecipação dos Pagamentos do INSS: Quem Pode Beneficiar-se? Créditos: Shutterstock

Para os trabalhadores que passam por dificuldades de saúde temporárias, contando com a necessidade de se afastar das suas funções, o auxílio-doença se apresenta como um recurso essencial. Recentemente, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) implementou mudanças significativas que visam facilitar o acesso a este benefício, simplificando os trâmites e favorecendo a experiência do usuário.

Publicidade

Com a tecnologia assumindo um papel cada vez mais central no nosso dia a dia, o INSS acompanhou esta tendência e introduziu melhorias digitais. Agora, grande parte dos procedimentos relacionados ao auxílio-doença pode ser realizada online, poupando tempo e oferecendo maior comodidade aos solicitantes.

O Que Mudou no Processo de Auxílio-Doença no INSS?

Uma das principais mudanças foi a introdução do sistema Atestmed, sistema projetado para tornar a entrega de documentos médicos um processo totalmente digital. Esta inovação reduz a necessidade de comparecimento físico nas agências, o que especialmente em tempos de restrições sanitárias se mostra um grande avanço.

Como Funciona o Atestmed do Auxílio- Doença do INSS?

O Atestmed surge como uma ponte facilitadora entre o trabalhador incapacitado e o acesso ao benefício. Por meio desta ferramenta, é possível enviar atestados, exames e laudos médicos eletronicamente, sem sair de casa. Apesar da sua implementação, em casos mais complexos, a perícia presencial ainda poderá ser solicitada pelo INSS.

Quais São os Passos para Solicitar o Auxílio-Doença Atualmente?

  • Pela Central 135:
    1. Dial 135 com o seu CPF à mão.
    2. Confirme as suas informações pessoais durante a chamada.
    3. Acesse o sistema Meu INSS (via app ou website) em até 5 dias após a ligação para submeter a documentação necessária.
  • Pelo site oficial do Meu INSS:
    1. Visite o site do Meu INSS e clique em “Pedir Benefício por Incapacidade”.
    2. Preencha os dados requeridos e prossiga para “Novo Requerimento”.
    3. Escolha “Benefício por Incapacidade Temporária (Auxílio-doença)” e siga as instruções.
    4. Revise e envie toda a documentação necessária.

Ao adotar essas tecnologias, o INSS não apenas busca acelerar a concessão do auxílio-doença, mas também melhorar significativamente a qualidade do serviço prestado aos cidadãos. Com o processo digital, o acesso ao benefício torna-se mais ágil e menos burocrático, permitindo que mais trabalhadores incapacitados temporariamente consigam o seu suporte de forma eficiente e humanizada.

Publicidade

É essencial que os requerentes se mantenham atualizados quanto às novas medidas e utilizem as ferramentas disponibilizadas pelo INSS. Este conhecimento e adoção dos recursos digitais podem significar um processo mais rápido e menos estressante para obterem o auxílio-doença.

Siga a gente no Google Notícias

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber grátis o Menu Executivo Perfil Brasil, com todo conteúdo, análises e a cobertura mais completa.

Grátis em sua caixa de entrada. Pode cancelar quando quiser.