FGTS atualizado: Descubra os seus novos ganhos com a nova regra

Em uma decisão recente, o Supremo Tribunal Federal alterou a forma de correção dos valores depositados no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)

FGTS
FGTS 2024: Saque-Aniversário com Regras Renovadas e Mais Flexíveis; Confira Reprodução: Internet

Em uma decisão recente, o Supremo Tribunal Federal alterou a forma de correção dos valores depositados no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Este ajuste marca o fim da correção pela Taxa Referencial (TR) acrescida de 3% ao ano, adotando agora o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Esta mudança é uma resposta aos problemas enfrentados pela fórmula antiga, que não acompanhava a real inflação, diminuindo o poder de compra dos trabalhadores ao longo do tempo.

Publicidade

Historicamente, o FGTS desempenha um papel crucial na vida financeira dos trabalhadores brasileiros, atuando como uma poupança forçada que serve de amparo em casos de demissão, entre outras situações. A atualização para uma indexação mais justa como o IPCA é uma garantia de que o poder aquisitivo do fundo será mantido, protegendo os trabalhadores contra as adversidades econômicas causadas pela inflação.

Como a Nova Fórmula de Correção do FGTS Afeta os seus Ganhos?

Joelson Sampaio, especialista em economia da Fundação Getúlio Vargas, comenta que essa alteração significativa no FGTS representa uma considerável “vitória para o trabalhador”. Com a TR, os valores depositados no FGTS muitas vezes se viam corroídos pela inflação, resultando em uma perda real de valor. Agora, com o IPCA aplicado à correção, sempre que a soma da TR e os 3% tradicionais estiverem abaixo da inflação acumulada, o índice maior será utilizado.

Comparativo entre as antigas e novas regras de correção do FGTS

O professor Joelson Sampaio exemplifica o benefício da nova fórmula através de um cálculo hipotético. Segundo ele, um depósito de R$ 100 sob a regra antiga teria valorizado para R$ 118 desde 2022. Em contrapartida, aplicando-se a nova metodologia de correção pelo IPCA, esse mesmo valor alcançaria R$ 124 em igual período, demonstrando uma proteção muito maior contra as oscilações inflacionárias.

O FGTS como ferramenta de segurança financeira para o trabalhador

Criado em 1966, o FGTS sempre foi uma ferramenta essencial para a segurança financeira do trabalhador brasileiro. Além de ser primordial em situações de desemprego, ele também pode ser utilizado para a aquisição da casa própria e outros benefícios de longo prazo. A correção eficiente e justa destes valores é crucial para manter a relevância e a eficácia deste fundo como uma rede de segurança econômica.

Publicidade

Embora a decisão do STF possa ser encarada como um avanço para os direitos dos trabalhadores, não está isenta de críticas ou preocupações. A Advocacia-Geral da União (AGU) prevê um impacto de até R$ 19,9 bilhões ao longo de seis anos com a mudança, sugerindo um possível reflexo negativo no financiamento de projetos de infraestrutura e habitação que dependem dos recursos do FGTS. Contudo, muitos analistas e cidadãos veem essa decisão como uma correção necessária para preservar o valor real dos recursos fundamentais para o planejamento futuro dos trabalhadores brasileiros.

Siga a gente no Google Notícias

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber grátis o Menu Executivo Perfil Brasil, com todo conteúdo, análises e a cobertura mais completa.

Grátis em sua caixa de entrada. Pode cancelar quando quiser.