Beatriz Souza e Rafael Silva faturam prata em Grand Slam de Judô

Aos 24 anos, Bia é uma revelação e já está entre as melhores do mundo. Para alcançar a final a brasileira derrotou a cazaque Nazgul Maratova e a israelense Raz Hershko

Os brasileiros Beatriz Souza (+ 78 quilos) e Rafael Silva, o Baby (+100kg) conquistaram medalhas de prata no Grand Slam de Judô de Tel Aviv (Israel) na tarde deste sábado (19). A dupla chegou invicta às finais, mas foi superada na luta pelo ouro. Bia foi superada pela francesa Romane Dicko e Baby pelo georgiano Guram Tushishvili, que já enfrentara nas quartas de final da Olimpíada de Tóquio (Japão) no ano passado.           Ver essa foto no Instagram                      

Publicidade

Uma publicação compartilhada por International Judo Federation (@judogallery)

Aos 24 anos, Bia é uma revelação e já está entre as melhores do mundo. Para alcançar a final a brasileira derrotou a cazaque Nazgul Maratova e a israelense  Raz Hershko. 

“Estou muito feliz com meu desempenho aqui. Mostra que estou evoluindo a cada treino. Essa medalha representa que estou no caminho certo. Que venham muito mais medalhas e que venham medalhas de ouro também”, avaliou Beatriz ao final  em depoimento à Confederação Brasileira de Judô (CBJ).  

Já o caminho de Baby teve uma luta a mais. Considerado  o melhor peso pesado do Brasil e o número 2 do ranking mundial da Federação Internacional de Judô (IJF, na sigla em inglês), o judoca de 34 anos venceu o alemão Losseni Kone, o cubano Andy Granda e o georgiano Onise Bughadze para chegar até o confronto final em Tel Aviv.           Ver essa foto no Instagram                      

Publicidade

Uma publicação compartilhada por CBJ (@judocbj)

“Eu estou bastante feliz de voltar a competir internacionalmente. Foi minha primeira competição internacional depois da Olimpíada e consegui chegar numa final junto com o vice-campeão olímpico. Feliz de fazer uma luta com um cara que eu lutei lá em Tóquio e conseguir lutar um pouco melhor. Estou buscando essa evolução pensando no Mundial. Agradeço a torcida de todo mundo”, disse Baby, de 34 anos.   

A próxima etapa do Circuito Mundial começa em 25 de março: o Grand Slam de Tbilisi, na Geórgia.

Publicidade

(Agência Brasil)