"MACABRO"

Boxeador é condenado à prisão perpétua por jogar da ponte namorada grávida presa a bloco de concreto

O crime ocorrido em 2021 em Porto Rico causou comoção na opinião pública

Boxeador é condenado à prisão perpétua por jogar da ponte namorada grávida presa a bloco de concreto
Félix Verdejo foi condenado à prisão perpétua pela morte da namorada, Keishla Rodríguez (Crédito Foto: Reprodução)

O boxeador de Porto Rico, Félix Verdejo, recebeu duas sentenças de prisão perpétua na sexta-feira (3) depois de ser considerado culpado pelo terrível assassinato da namorada grávida, que tinha 27 anos. O crime ocorreu em abril de 2021 e chocou a opinião pública porto-riquenha.

Publicidade

No julgamento, Luis Antonio Cádiz, amigo de Verdejo também acusado no caso, disse que o ex-boxeador pressionou Keishla Rodríguez a fazer um aborto. Ele também testemunhou que no dia em que Verdejo matou a namorada, o ex-boxeador deu-lhe um soco e injetou-lhe uma substância tóxica antes de os dois amarrarem os seus membros a um bloco de concreto e jogá-la do alto de uma ponte movimentada em uma lagoa em plena luz do dia, de acordo com relato no “Guardian”.

A autópsia determinou que Keishla tinha no sangue fentanil e xilazina, um sedativo usado para cavalos e outros animais. As duas sentenças de prisão perpétua se devem à morte de Keishla e a do feto.

Nas redes sociais, muitos comemoraram a decisão judicial. Verdejo nega participação na morte de Keishla.  Antes de proferir a sentença, o juiz do caso disse que Verdejo “acabou com a vida de duas pessoas de forma horrenda”.  A mãe de Keishla, que chegara a alertar a filha que Verdejo era perigoso, descreveu o assassinato como “macabro”.

“O nível de crueldade apenas aumentou a tragédia que levou a esses acontecimentos infelizes. Essas vidas, assim como as de suas famílias, mudaram para sempre. Não há como voltar atrás”, finalizou o magistrado no tribunal em San Juan.

Publicidade

&

;

Publicidade

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber grátis o Menu Executivo Perfil Brasil, com todo conteúdo, análises e a cobertura mais completa.

Grátis em sua caixa de entrada. Pode cancelar quando quiser.