Marcelo Cabo pede demissão do Atlético-GO após 4 rodadas do Estadual

O treinador carioca iniciou sua terceira passagem pelo Atlético-GO em novembro do ano passado

Marcelo Cabo não é mais treinador do Atlético-GO. Na manhã desta segunda-feira (7), o técnico pediu demissão do clube, em postagem nas redes sociais e foi atendido pela diretoria, em nota publicada no início desta tarde. O desligamento ocorre após a segunda derrota seguida o Dragão no Campeonato Goiano, a mais recente no último sábado (5), por 3 a 2, no clássico contra o Vila Nova.

Publicidade

“Quero agradecer a todos os profissionais com quem tive a honra de trabalhar, ao grupo de jogadores e aos torcedores que, em todos os momentos, sempre apoiaram e colaboraram em minhas passagens pelo Dragão. Desejo ótima sorte a todos a todos”, disse o treinador carioca, de 56 anos, em mensagem no Instagram.

O treinador carioca iniciou sua terceira passagem pelo Atlético-GO em novembro do ano passado: em oito jogos pelo Campeonato Brasileiro, venceu quatro e empatou outros quatro, o suficiente para garantir a nona posição na classificação geral, que garantiu ao Dragão um vaga na Copa Sul-Americana.

No início da temporada 2022, foram apenas quatro rodadas na primeira fase do Estadual. Sob comando d Marcelo Cabo, o Dragão estreou com vitória em casa, por 1 a 0, contra o Clube Recreativo e Atlético Catalano (Crac), e na sequência foi derrotado pelo mesmo placar pelo Iporá, na casa do adversário.

Em nota oficial, o Atlético-GO o trabalho desenvolvido pelo técnico e seu auxiliar Gabriel Cabo, e reiterou que o treinador “tem uma história vitoriosa no Atlético e se despede de maneira pacífica e harmoniosa”.

Publicidade

(Agência Brasil)