Blecaute deixa milhares de pessoas sem energia em Buenos Aires

Cerca de 750 mil pessoas foram atingidas

blecaute-deixa-milhares-de-pessoas-sem-energia-em-buenos-aires
Operários da Edesur trabalham pelas ruas de Buenos Aires. (Crédito: Reprodução/Redes Sociais)

A capital Argentina, Buenos Aires, sofreu uma queda de energia nesta terça-feira (11). O blecaute deixou milhares de casas sem eletricidade em meio a uma onda de calor que fez as temperaturas subirem acima de 40 graus Celsius.

Publicidade

Depois de um aumento significativo na demanda para resfriar residências e empresas, as distribuidoras de eletricidade Edenor e Edesur relataram queda de energia.

A Entidade Nacional de Regulação da Eletricidade (ENRE) afirmou que o corte de energia da Edenor afetou cerca de 700 mil clientes. Cerca de 43.400 clientes da Edesur ficaram sem energia depois que falhas nas linhas de alta tensão atingiram duas de suas subestações.

A AySA (Agua y Saneamientos Argentinos S.A.), que fornece água potável em Buenos Aires, pediu à população que otimize o uso da água porque a falta de energia também afetou seu sistema de purificação.

As altas temperaturas devem continuar ao longo da semana, com picos próximos a 40°C, segundo o Serviço Meteorológico Nacional (SMN) da Argentina.

Publicidade

“O SMN emitiu um alerta antecipando uma onda de calor extremo esta semana, com temperaturas que podem chegar a 41°C na área de concessão”, disse a Edesur em e-mail a seus clientes. “Estamos trabalhando para fortalecer nossa rede diante da crescente demanda.”

Phil Ferro, chefe de meteorologia do canal norte-americano WSVN, comentou as o blecaute e a onda de calor que atinge a Argentina em seu twitter. ”As redes elétricas na Argentina estão falhando devido ao calor intenso e mergulhando partes da Argentina na escuridão. Buenos Aires registrou calor recorde com 40°C na terça-feira. Este é apenas o inicio de uma onda de calor na região”, escreveu Phil.