Cientistas geram energia a partir da fusão nuclear nos EUA

Esse processo é o mesmo que faz com que o sol libere mais energia

cientistas-geram-energia-a-partir-da-fusao-nuclear-nos-eua
Ainda faltam décadas para que a energia a partir da fusão nuclear possa ser usada (Crédito: Reprodução / Twitter @JhoniSeverino2)

Cientistas da Califórnia conseguiram gerar energia a partir da fusão nuclear pela primeira vez. Nessa quarta-feira (26), pesquisadores da Lawrence Livermore National Laboratory, na Califórnia, geraram energia a partir da fusão nuclear, ou seja, conseguiram colocar em prática o que estudavam a décadas.

Publicidade

A fusão nuclear exige uma quantidade grande de calor e pressão para unir o núcleo de átomos de hidrogênio e, assim, produzir hélio. É o mesmo processo que faz com que o sol libere mais energia. Segundo o G1, para gerar essa energia os cientistas direcionaram 192 raios laser contra um alvo de 2 milímetros de diâmetro que continha hidrogênio.

Dessa forma, a energia gerada através da fusão nuclear é bem diferente das usinas nucleares.

Os cientistas, afirmam que faltam décadas para que a energia a partir da fusão nuclear possa ser usada. Essa energia, não cria lixo radioativo e usa insumos mais eficientes e menos perigoso. Com o avanço da tecnologia, quando puder ser utilizada será uma energia limpa e barata que ajudará nas mudanças climáticas e aquecimento global.

De acordo com o G1, Alex Zylstra, físico experimental no Lawrence Livermore National Laboratory, diz que a energia através da fusão nuclear pode salvar o mundo. Para ele o próximo passo é mostrar que é possível gerar mais energia com a fusão nuclear, do que a utilizada para o processo dar certo.

Publicidade

Algumas pessoas vibraram nas redes sociais com a conquista dos cientistas.

Publicidade