Elon Musk compra o Twitter por US$ 44 bilhões

O bilionário é um dos principais críticos da moderação de conteúdo.

elon-musk-compra-o-twitter-por-us-44-bilhoes
Elon Musk (Crédito: Christian Marquardt – Pool/Getty Images))

O Twitter anunciou nesta segunda-feira (25) que o bilionário Elon Musk comprou em definitivo a rede social por US$ 44 bilhões (cerca de R$ 215 bilhões). Agora, a empresa passa a ser uma companhia de capital fechado.

Publicidade

“A liberdade de expressão é a base de uma democracia em funcionamento e o Twitter é a praça da cidade digital onde assuntos vitais para o futuro da humanidade são debatidos”, afirmou Musk após a compra.

Musk já declarou ser contra qualquer tipo de marcação de conteúdo indevido ou de suspensão de publicações, sob o argumento de que defende a liberdade de expressão.

O atual CEO do Twitter, Parag Agrawal, comentou a aquisição do bilionário em tom otimista:  “O Twitter tem um propósito e relevância que impacta todo o mundo. Estou profundamente orgulhoso de nossas equipes e inspirado por um trabalho que nunca foi tão importante”. 

Musk  já afirmou que deseja melhorar a rede social após a aquisição. “Quero tornar o Twitter melhor do que nunca, aprimorando o produto com novos recursos, tornando os algoritmos de código aberto para aumentar a confiança, derrotando bots de spam e autenticando todos os humanos”, afirma.

Publicidade

Publicidade