Fotógrafo René Robert morre de hipotermia aos 84 anos em Paris

Após desmaiar na rua e ficar durante 9 horas sem receber ajuda de quem estava no local, René morreu de frio

Fotógrafo René Robert morre de hipotermia aos 84 anos em Paris
René Robert, fotógrafo suiço (Créditos: Reprodução / Redes sociais)

René Robert, fotógrafo suíço, morreu aos 84 anos de hipotermia depois de desmaiar na rua de Paris e ficar sem ajuda por nove horas. O óbito aconteceu no dia 19 de janeiro, mas só se tornou público nesta quinta-feira (27), em uma reportagem feita pelo jornal espanhol “El País”.

Publicidade

René ficou conhecido pelas fotografias de músicos e dançarinos de flamenco na Espanha, mas trabalhou com publicidade e moda na Europa também. De acordo com o G1, o fotógrafo morava em Paris, e estava à noite na região da Praça da República quando passou mal, caiu e foi ignorado por quem estava no local. Na manhã seguinte, quando um morador de rua chamou os bombeiros, ele já estava sem vida.

Michel Mompontet, amigo de René Robert, foi entrevistado pelo “El País”, que disse que ele morreu devido a “indiferença” das pessoas. “Que ao menos se aprenda alguma coisa com esta morte. Quando uma pessoa está caída no chão, mesmo que a gente esteja com pressa, vamos ajudá-la, vamos parar”, disse Michel ao jornal.

“René Robert, um fotógrafo suíço, morreu congelado em Paris aos 85 anos, depois de passar nove horas em uma calçada perto da Place de la République após uma queda, sem que ninguém o ajudasse.” Vamos todos ter vergonha.”