Marinha da Colômbia apreende 4 toneladas de cocaína no Pacífico

O barco semissubmersível, seguia para a costa da América Central; quatro pessoas que estavam a bordo foram presas

Marinha da Colômbia apreende 4 toneladas de cocaína no Pacífico
O submarino foi levado para o cais da guarda costeira da cidade colombiana de Tumaco (Créditos: BAE Systems via Getty Images)

Quatro toneladas de cocaína foram apreendidos pela Marinha da Colômbia, em um submarino de 15 metros de comprimento no sul do Oceano Pacífico. O barco semissubmersível, seguia para a costa da América Central quatro pessoas que estavam a bordo foram presas.

Publicidade

O submarino foi levado para o cais da guarda costeira da cidade colombiana de Tumaco. Testes feitos na mercadoria, confirmaram que a substância que estava ali era cocaína. A Marinha da Colômbia disse que, a droga pertencia a um grupo dissidente das Farc e está avaliada em US$ 150 milhões (chegando perto de R$ 800 milhões).

Dinheiro que financiaria Farc

“A apreensão afeta consideravelmente as finanças dos dissidentes das Farc“, afirmou o vice-almirante da Marinha colombiana, Francisco Hernando Cubides Granados, na segunda-feira (7).

Não estão mais recebendo US$ 150 milhões. Esse dinheiro é usado para financiar a compra de armas, a mineração ilegal e a criminalidade na área do Pacífico colombiano”, disse o vice-almirante. A Colômbia, por mais que lute há décadas contra o narcotráfico, continua sendo um dos maiores produtores e exportadores mundiais de cocaína.

Publicidade