Conflito Rússia x Ucrânia

ONU aprova declaração por paz na Ucrânia

Neste sábado (7), as forças russas alegam ter explodido três pontes rodoviárias na região de Kharkiv.

onu-aprova-declaracao-por-paz-na-ucrania
Símbolo da ONU (Créditos: Johannes Simon/Getty Images)

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou nesta sexta-feira (6), de forma unânime, uma declaração que aponta “profunda preocupação” e “forte apoio” aos esforços diplomáticos pela paz na Ucrânia.

Publicidade

Neste sábado (7), as forças russas alegam ter explodido três pontes rodoviárias na região de Kharkiv, com o intuito de retardar a contra-ofensiva ucraniano ao destruir um grande estoque de equipamentos militares enviados pelos Estados Unidos e poro nações da Europa.

Segundo a Folha de São Paulo, ataques também foram relatados na Transdnístria, o enclave separatista disputado por separatistas pró-Rússia na Moldava. Na cidade de Mariupol, autoridades afirmam que 50 pessoas foram tiradas da usina de Azovstal e levadas para a vila de Bezimenne.

Entenda o conflito

Desde o dia 24 de fevereiro, Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Publicidade

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.