Tiroteio deixa mortos na Geórgia, nos EUA

Duas mulheres, um policial e um suspeito morreram

tiroteio-deixa-mortos-na-georgia-nos-eua
Pessoas morreram em tiroteio (Crédito: Canva)

Um tiroteio em Rex, no estado da Geórgia, nos Estados Unidos deixou supostamente quatro mortos. “Duas mulheres, o policial e um suspeito, morreram”, disse o chefe da polícia do condado de Clayton, Kevin Roberts, em entrevista coletiva.

Publicidade

Segundo, à CNN o Departamento de Polícia do Condado de Clayton recebeu uma ligação por volta das 20h40 de terça-feira (30), sobre tiros que foram disparados de um carro, e essa ligação foi seguida por outra chamada sobre uma mulher “deitada imóvel no quintal”. Em seguida as autoridades receberam uma terceira ligação que dizia que havia um jovem baelado.

Ao chegar no local, os policiais começaram a procurar as vítimas para prestar socorro e nesse meio de tempo foram baleados. Um suspeito foi morto durante a troca de tiros. De acordo com o Departamento de polícia, um dos mortos é o oficial de treinamento de campo do condado de Clayton, Henry Laxson. Os nomes das outras vítimas não serão divulgados e o tiroteio segue em investigação.

No dia 26 de novembro, também aconteceu um tiroteio, mas em Nashaville, Estados Unidos. O ato aconteceu dentro de um departamento e deixou três mortos e quatro feridos. As pessoas ficaram feridas por uma arma de fogo e não correram risco de morte, segundo o Departamento de Polícia de Nashville.

Outro tiroteio foi em uma escola em Aurora, no Colorado, Estados Unidos no dia 15 de novembro, onde seis adolescentes precisaram ser levados ao hospital.

Publicidade

No Brasil neste ano, também teve um trágico tiroteio entre policiais e traficantes, no Complexo do Lins, Rio de Janeiro, que deixou a grávida, Kathlen de Oliveira Romeu morta. A moça chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu.

De acordo com a Polícia Militar (PM), os policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Lins foram atacados a tiros por criminosos no Beco da 14, tendo ocorrido confronto na ação.

Todas esses acontecimentos mostram o aumento da violência. Na terça-feira (30), por exemplo, pelo menos três estudantes foram mortos em mais um tiroteio em uma escola nos Estados Unidos. Isso aumenta a preocupação de como a violência armada no país cresce, principalmente em escolas.

Publicidade