Falta pouco para o avião elétrico de passageiros decolar

O avião foi desenvolvido em três versões e sua velocidade máxima é cerca de 461 km/h

falta-pouco-para-aviao-eletrico-de-passageiros-decolar
Aviões elétricos podem se tornar tão comum quanto outros transportes (Crédito: Canva)

Falta pouco para o primeiro avião de passageiros totalmente elétrico do mundo decolar. Alice é o nome do avião, desenvolvido pela empresa israelense Eviation que passou por vários testes de motor no Aeroporto Municipal de Arlington, ao norte de Seattle. Sua velocidade máxima é cerca de 461 km/h.

Publicidade

A empresa de viagens aéreas elétricas espera que aviões elétricos de 20 a 40 passageiros, seja uma realidade daqui 10 anos. Um modelo de aeronave que estreou em 2019 está passando por testes de baixa velocidade, desde dezembro e fará testes de alta velocidade nas próximas semanas. Nesses testes a aeronave permite que sistemas como direção, frenagem e antiderrapante sejam monitorados.

O avião foi desenvolvido em três versões, sendo uma variante “commuter”, uma versão executiva e uma para carga. Para os voos em teste cabem nove passageiros dois pilotos e 850 libras de carga, enquanto no projeto executivo é um avião mais espaçoso com seis pessoas e carga tem 450 pés cúbicos de volume.

De acordo com a empresa, a espera era de que o voo Alice, acontecesse antes de 2022, mas devido ás condições climáticas não foi possível. Quanto aos custo de manutenção em relação aos voos comerciais, o voo elétrico reduz em até 70% dos custos de manutenção.

A empresa de transporte internacional DHL, encomendou doze Alices com chegada prevista até 2024. Em entrevista à CNN, especialistas acreditam que esses aviões elétricos se tornarão comuns como qualquer outro meio de transporte.

Publicidade