Eleições 2022

Alexandre de Moraes é eleito para mais um mandato no TSE

Por 10 votos a 1, Moraes foi eleito e permanecerá no cargo até junho de 2024.

Alexandre de Moraes é eleito para mais um mandato no TSE
O ministro Alexandre de Moraes está engajado no combate às fake news para as eleições de 2022 (Crédito: José Cruz/Agência Brasil)

Nesta quarta-feira (1º), o ministro Alexandre de Moraes foi eleito para cumprir um novo mandato como presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A votação foi realizada durante o início da sessão plenária do Supremo Tribunal Federal (STF).

Publicidade

Por 10 votos a 1, Moraes foi eleito e permanecerá no cargo até junho de 2024. O ministro recebeu 10 votos e a ministra Cármen Lúcia recebeu o voto de Moraes, já que é tradicional da Casa que o candidato não vote em si mesmo.

O ministro Alexandre de Moraes entrará no lugar do ministro Edson Fachin, atual presidente do TSE. A troca acontece no mês de agosto, e Moraes ficará responsável pelas eleições de 2022. O Tribunal Superior Eleitoral é composto por 7 ministros. Três do STF e mais dois advogados com notório saber jurídico. Também tem, ainda, um número igual de ministros substitutos. Cada mandato dura dois anos, podendo ser aumentado por uma única reeleição, de mais dois anos.

A eleição de Alexandre de Moraes gerou discussões nas redes. Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) repudiam Moraes como presidente do TSE, já os apoiadores de Lula se manifestaram a favor do novo presidente.

Publicidade