intimidade exposta

Atriz Klara Castanho esclarece processo de adoção após sofrer estupro

A decisão de contar ao público este episódio da sua vida veio após um boato começar a ser difundido nas redes sociais. Internautas especulavam que Klara seria a atriz que engravidou e entregou o filho para adoção.

Klara-Castanho-estupro
(Crédito: Divulgação)
Por meio de uma carta aberta, a atriz Klara Castanho, de 21 anos, apresentou o que disse ser “o relato mais difícil da sua vida.” Ela conta que engravidou após ser estuprada: ‘Pensei que levaria essa dor e esse peso somente comigo’, afirma.
A decisão de contar ao público este momento tão pessoal e doloroso de sua vida aconteceu após um boato começar a ser difundido nas redes sociais. Internautas especulavam que Klara seria a atriz que engravidou e entregou o filho para adoção.
Klara explicou a decisão em entregar a criança para a adoção após ter sido vítima de violência sexual:
“Eu ainda estava tentando juntar os cacos quando tive que lidar com a informação de ter um bebê. Um bebê fruto de uma violência que me destruiu como mulher. Eu não tinha (e não tenho) condições emocionais de dar para essa criança o amor, o cuidado e tudo o que ela merece ter. Entre o momento que eu soube da gravidez e o parto se passaram poucos dias”, afirma.
A atriz, de 21 anos, explicou ainda que seguiu todos os passos de acordo com a legislação em vigor no Brasil:
“Eu procurei uma advogada e conhecendo o processo, tomei a decisão de fazer uma entrega direta para adoção. Passei por todos os trâmites: psicóloga, ministério público, juíza, audiência – todas as etapas obrigatórias. Um processo que, pela própria lei, garante sigilo para mim e para a criança. A entrega foi protegida e em sigilo. Ser pai/e ou mãe não depende tão somente da condição econômica-financeira, mas da capacidade de cuidar”.

Mesmo com o relato da atriz, algumas pessoas decidiram descredibilizar o seu relato na internet. A apresentadora Antonia Fontenelle, criticou, sem citar nomes, a história de ‘uma atriz que decidiu entregar o filho para adoção’.

Publicidade

 

Foi por meio de uma entrevista  ao programa ‘The Noite’, apresentado por Danilo Gentili, no SBT, que o jornalista disse, no dia 16 de junho, que sabia uma informação “inacreditável” sobre uma atriz e a “conta” dela iria chegar, pois o caso “envolve vidas”. Ele não cita nomes, mas se referia à atriz Klara Castanho.

 

Publicidade

Nas redes sociais, a diretora de redação do portal Metrópoles, onde Léo Dias é colunista, fez um posicionamento oficial a respeito do caso.

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Leo Dias (@leodias)

Publicidade