Redução no combustível

Gasolina vendida a distribuidoras fica mais barata a partir desta quarta-feira

O anúncio da queda no preço foi o primeiro feito pela gestão do novo presidente da Petrobras, Caio Paes de Andrade, que assumiu o cargo ao final de junho.

gasolina-vendida-a-distribuidoras-fica-mais-barata-a-partir-desta-quarta-feira
A redução será de R$ 0,20 a cada litro (Créditos: Buda Mendes/Getty Images)

A gasolina vendida pela Petrobras a distribuidoras fica mais barata a partir desta quarta-feira (20). A empresa anunciou que o preço médio de venda do combustível passará de R$ 4,06 para R$3,86, sendo uma redução de R$ 0,20 a cada litro.

Publicidade

A queda é de 4,93%. O anúncio da queda no preço foi o primeiro feito pela gestão do novo presidente da Petrobras, Caio Paes de Andrade, que assumiu o cargo ao final de junho. De acordo com a companhia, essa redução se deu a partir da evolução dos preços internacionais de referência.

O último reajuste no preço da gasolina ocorreu em 18 de junho, quando a Petrobras havia anunciado 5,18% de aumento no preço da gasolina e alta de 14,26% no diesel. De acordo com os dados da estatal, de dezembro de 2020 até julho de 2022, foram 20 reajustes de preços.

Dentre esses reajustes, seis foram de redução no preço e 14 de alta. Neste período, o valor médio da gasolina para distribuidoras subiu de R$ 1,84 para R$ 3,86. O preço cobrado ao consumidor leva em conta também fatores como tributos federais e estaduais, o custo do etanol usado na mistura do combustível e os custos de distribuição e revenda.

 

Publicidade