infecção generalizada

Homem morre após colocar facetas dentárias, diz família

De acordo com o marido da vítima, ele fez o procedimento em junho deste ano, em Goiânia. 

homem-morre-apos-colocar-facetas-dentarias-diz-familia
Luiz Carlos das Dores. 56 anos (Créditos: Reprodução/ TV Anhanguera)

Um homem, funcionário público, morreu após ter infeccção generalizada, depois de colocar facetas dentárias, segundo a família. Luiz Carlos das Dores tinha 56 anos. De acordo com o marido da vítima, ele fez o procedimento em junho deste ano, em Goiânia.

Publicidade

No entanto, Luiz Carlos teve problemas com as facetas por mais de um mês, indo parar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e não resistir. Segundo o portal g1, o empresário Benedito Antônio Nascimento, marido de Luiz, contou que ele decidiu fazer o procedimento depois de conhecer o trabalho da dentista Jamilly Flexa, por meio das redes sociais.

Em nota, a dentista Jamilly Flexa comunicou que se solidariza com a família de Luiz e que, até esta terça-feira (6), não havia sido notificada oficialmente de qualquer denúncia. Além disso, afirmou que não houve negligência com o paciente.

O caso foi registrado por meio de boletim de ocorrência na Polícia Civil e também no Conselho Regional de Odontologia de Goiás (CRO-GO).

“No dia 27 de junho ele já estava com as facetas. Dias depois, começou a ter dores. Passou muito mal no começo de agosto. Teve inchaço em um dos dentes e uma íngua. A dentista o avaliou, mas disse que ele não tinha nada”, conta Benedito. “No dia 8 de agosto, ele foi para o hospital, onde morreu. No atestado de óbito, consta que ele teve choque séptico. A única infecção que ele teve no corpo foi no dente”, disse o marido.

Publicidade

Confira a nota oficial divulgada por Jamilly Flexa em sua rede social.

Publicidade