Linha 9 – Esmeralda em SP tem princípio de incêndio

Na estação Santo Amaro, milhares de pessoas se aglomeravam para entrar em um dos trens e conseguir seguir viagem

linha-9-esmeralda-em-sp-tem-principio-de-incendio
Passageiros em estação de São Paulo (Créditos: Mario Tama/Getty Images)

A Linha 9- Esmeralda teve um princípio de incêndio na manhã desta quarta-feira (2). Com isso, a circulação de trens ficou suspensa entre as estações Santo Amro e Granja Julieta, desde as 6h.

Publicidade

A paralização causou aglomerações nas estações. Na estação Santo Amaro, milhares de pessoas se aglomeravam para entrar em um dos trens e conseguir seguir viagem. Segundo a ViaMobilidade, concessionária que é responsável pela linha Esmeralda, a operação Paese foi acionada, mas não conseguiu atender a alta demanda de passageiros.

De acordo com o portal G1, os trens da Linha 8-Diamante circularam por via única entre as estações Jandira e Barueri, por conta de um problema na rede aérea. Por volta das 7h30, a circulação se normalizou.

Problemas na circulação de trens tem sido constante, o que atrapalha a locomoção de milhares de passageiros de São Paulo. Parte das linhas é gerenciada pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e outra parte pela ViaMobilidade.

De acordo com um levantamento feito pela TV Globo, em 2022 foram registradas 25 falhas em ambas as linhas. As falhas ocasionalmente ocorrem no horário de pico do transporte público, o que gera grandes aglomerações, além de atrapalhar a rotina dos passageiros, em que a maioria está se locomovendo até seu local de trabalho.

Publicidade