Moro desiste de pré-candidatura à presidência

Sergio Moro confirmou nesta quinta-feira (31) sua filiação ao partido União Brasil

Moro desiste de pré-candidatura à presidência
O ex-juiz e ex-ministro da Justiça, Sergio Moro (Crédito: Andressa Anholete/Getty Images)

O ex-juiz e ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, confirmou nesta quinta-feira (31) sua filiação ao partido União Brasil e anunciou que desistiu da pré-candidatura à presidência da República.

Publicidade

“O Brasil precisa de uma alternativa que livre o país dos extremos, da instabilidade e da radicalização. Por isso, aceitei o convite do presidente nacional do União Brasil, Luciano Bivar, para me filiar ao partido e, assim, facilitar as negociações das forças políticas de centro democrático em busca de uma candidatura presidencial única”, escreveu Moro em seu twitter.

“A troca de legenda foi comunicada à direção do Podemos, a quem agradeço todo o apoio. Para ingressar no novo partido, abro mão, nesse momento, da pré-candidatura presidencial e serei um soldado da democracia para recuperar o sonho de um Brasil melhor”, completou.

A cerimônia de filiação ocorreu em um hotel em São Paulo, para onde Moro transferiu seu domicílio eleitoral. Presente na assinatura, o deputado e vice-presidente do União Brasil, Junior Bozzella, afirmou que o partido vai definir o “melhor lugar pertinente onde ele possa se encaixar”.

“Ele estava habilitado a concorrer a diversos cargos, trouxe o domicílio eleitoral para São Paulo. Ele vem para somar, tem 10% nas pesquisas”, declarou Bozzella.

Publicidade

Moro se filiou ao Podemos em novembro do ano passado. Na ocasião, o ex-juiz assumiu uma postura de pré-candidato à Presidência, embora não tenha feito um anúncio específico sobre concorrer a esse cargo, afirmando que “estava à disposição” do Brasil para assumir um papel de liderança de um projeto naciona de “reconstrução”.

Publicidade