Motorista de aplicativo furta bolo de festa que entregaria

O motorista perguntou o destino que levaria a encomenda, mas cancelou a corrida e sumiu

motorista-de-aplicativo-furta-bolo-de-festa-que-entregaria
A empresária encomendou outro bolo e pagou com o próprio dinheiro (Crédito: Canva)

Um motorista de aplicativo furtou um bolo de festa que entregaria para a organizadora do evento. No último domingo (30) no Rio de Janeiro o bolo de aniversário virou caso de polícia. Uma empresária do ramo de festas organizou os preparativos do aniversário de uma bebê de um ano e teve o bolo da festa furtado.

Publicidade

A empresária, Paloma Branquinho de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio encomendou os doces de uma pessoa de confiança que mora em Inhaúma, na Zona Norte. Para buscar a encomenda chamou um motorista de aplicativo que enfrente a casa da fornecedora do bolo, perguntou a Paloma o destino, mas acabou cancelando a corrida.

A empresária tentou avisar que chamaria outro carro, mas já era tarde. Não se sabe para onde o motorista levou o bolo. Segundo Paloma, no mesmo momento ela tentou recorrer um botão de emergência do próprio aplicativo para entrar em contato com a polícia, mas foi avisada de que era preciso procurar a empresa, que relatou não ter pego produto algum.

Para não estragar a festa e não correr o risco de ser processada, Paloma ligou para a fornecedora e encomendou outro bolo e doces. A empresária pagou o outro bolo com o próprio dinheiro e conseguiu chegar a tempo do parabéns com o bolo quentinho e com doces, que ao invés de brigadeiro eram de beijinho, já que foram usados ingredientes que restaram na casa da fornecedora.

Quanto a Uber, segundo a empresa os relatos da cliente e do motorista apresentam contradições. A empresa de aplicativos está à disposição das autoridades para colaborar nos termos da lei.

Publicidade

Palama postou em suas redes sociais uma carta sobre o acontecimento.

Publicidade