Prevenção

Prefeitura de SP vacina moradores em situação de rua contra gripe

O atendimento é feito por equipes itinerantes de saúde do programa Consultório na Rua.

Prefeitura de SP vacina moradores em situação de rua contra gripe
Viu alguém dormindo na rua com os termômetros em 13°C em SP? Ligue 156 (Crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Na cidade de São Paulo, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) intensificou a vacinação contra a gripe para pessoas em situação de rua. A ação, que começou na sexta-feira passada (13), já aplicou mais de 800 doses. Desde o início da campanha de vacinação para pessoas em situação de vulnerabilidade, mais de 60.000 doses de vacina contra a Covid-19 também foram aplicadas.

Publicidade

O atendimento é feito por equipes itinerantes de saúde do programa Consultório na Rua. Estas equipes percorrem abrigos, centros de acolhimento e também realizam o atendimento na rua. O programa conta com enfermeiros e auxiliares de enfermagem, além da infraestrutura de tendas de atendimentos e ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). As vacinas também estão disponíveis em Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Durante a Operação Baixas Temperaturas, uma força-tarefa de diversos órgãos da Prefeitura de São Paulo prestará auxílio sanitário às pessoas em situação de rua. A desratização de certas áreas onde os atendimentos acontecem é feita por meio das equipes da Divisão de Vigilância de Zoonoses (DVZ). Além da DVZ, outros órgãos como a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads) e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC) também participam da operação.

O SAMU ministrará minicursos de primeiros socorros e de remoção para pessoas em estado de hipotermia. A mínima esperada para esta madrugada em São Paulo é de 6°C.

 

Publicidade