Suspeitos de tráfico no avião da FAB tem bens bloqueados

São cinco mandados de busca de apreensão em Brasília e Florianópolis

suspeitos-de-trafico-no-aviao-da-fab-tem-bens-bloqueados
Cocaína (Crédito: Sandy Huffaker/Getty Images )

Suspeitos de tráfico de cocaína no avião da Força Aérea Brasileira tem bens bloqueados. A Polícia Federal (PF) investiga tráfico internacional de drogas em aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB). São cinco mandados de busca de apreensão em Brasília e Florianópolis (SC).

Publicidade

Essa é a 5º fase da operação Quinta Coluna que investiga desde 2019 o tráfico de 37kg de cocaína em um avião da FAB, do Brasil para a Espanha. Nessa operação, aconteceu a prisão de um sargento brasileiro na Europa.

Na etapa atual, a Justiça Federal determinou o bloqueio de imóveis, R$ 3,6 milhões e de dois veículos de luxo. Não foi divulgado de quem seria. Até o momento as investigações mostram que o investigado usou familiares para movimentar dinheiro e adquirir bens, além de empresas fechadas que também estavam envolvidas.

Os investigadores buscam provas que sejam destinadas a lavagem de dinheiro praticada pelo chefe da associação criminosa, que levava drogas para Europa a partir de voos em aeronaves da FAB. Os suspeitos do tráfico no avião da FAB, continuam sendo investigados e agora com os bens bloqueados.

Em fevereiro de 2021 teve a primeira fase da operação Quinta Coluna. As investigações não são somente destinadas ao tráfico de drogas internacionais, envolvem também um esquema de lavagem de dinheiro.

Publicidade