Este é o novo Dodge Journey que chegará à América Latina

O SUV descendente de um modelo chinês será oferecido em vários mercados da região, começando pelo México

Este é o novo Dodge Journey que chegará à América Latina
(Crédito: Divulgação Dodge)

A Dodge apresentou o novo Journey com a peculiaridade de este ser um modelo produzido na China derivado do GAC Trumpchi GS5. Desta forma, a geração inédita do SUV mais uma vez repetiu a estratégia usada no passado, quando tinha um irmão gêmeo, com a diferença de que era um modelo oferecido pela Fiat, conhecido como Freemont.

Publicidade

Porém, a nova Journey chegará à América Latina (a produção já foi iniciada), vindo da Ásia. O primeiro país do nosso continente a recebê-lo será o México, embora se espere que também chegue a outros mercados da região.

Com uma mecânica composta por um motor turbonaftero 1.5 de 171 cv e 26,9 kgm de torque, vai equipar uma caixa automática de seis marchas e um sistema de gerenciamento com três modos de direção.

Do ponto de vista do design, é muito semelhante ao seu irmão chinês, com a diferença de que terá sua própria grade e modificações nos para-choques. Com mais cromo ao redor do corpo, ele tem luzes LED muito atraentes na frente e na traseira. Se olharmos pelas laterais, as rodas serão de liga leve de 18 ou 19 polegadas, dependendo da versão.

Com ajudas de direção, um nível de segurança bastante completo e boa conectividade, um instrumento digital de 12,3 polegadas se destaca, compatibilidade com Android Auto e Apple Car Play, Bluetooth, console central integrado, assistência em declive, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, alerta de colisão frontal, sistema de manutenção de faixa, detecção de ponto cego e iluminação automática, entre outros.

Publicidade

Ainda não se sabe se terá alguma chance de chegar à região da América do Sul, embora nos Estados Unidos não deva desembarcar, pois lá o modelo escolhido para substituir o “antigo Journey” seria o novo Hornet, um plug-in SUV híbrido semelhante ao Alfa. Romeo Tonale.

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina.

Publicidade