Lancia Delta está de volta e será elétrico

Espera-se que a futura geração do lendário carro esportivo veja a luz antes de 2027, ano indicado para a eletrificação total desta e de outras marcas do grupo Stellantis

Lancia Delta está de volta e será elétrico
(Crédito: Divulgação)

Os adeptos do motorizado esportivo dificilmente esquecerão o Lancia Delta, o modelo que viu a luz em 1980 e que construiu uma história cheia de sucessos, especialmente no Rally. Agora, este modelo lendário é notícia vinda da Stellantis, o megagrupo automotivo que reúne as marcas FCA e PSA.

Publicidade

Conforme anunciado pelo número um da empresa, Luca Napolitano, ao jornal italiano Corriere della Sera, o Lancia Delta está nos planos da empresa.

Segundo Napolitano: “Vai voltar e vai ser um verdadeiro Delta: um carro emocionante, um manifesto de progresso e tecnologia. E obviamente será elétrico ”. No entanto, o executivo não especificou a data de lançamento.

Vale lembrar que o Grupo Stellantis, conglomerado no qual a Lancia está integrada, anunciou que a clássica marca italiana se tornaria cem por cento elétrica em 2027, junto com a Alfa Romeo e a DS. Essa, então, pode ser a data do retorno de uma das modelos mais admiradas do Rally.

O novo Delta provavelmente ficará na plataforma STLA Medium para carros dos segmentos C e D, sucessor da arquitetura EMP2 do Grupo PSA usada pelo novo Peugeot 308 e Vauxhall Astra.

Publicidade

Durante 19 anos, o Lancia Delta esteve à venda ininterruptamente e em 1999 a Lancia decidiu encerrar a produção. Anos depois, em 2008, o nome foi retomado, embora a mudança de filosofia tenha sido tão radical que não teve o sucesso esperado. As vendas foram de mal a pior e, em 2013, desapareceu sem deixar vestígios de um herdeiro.

Agora, aparentemente, um novo estágio se abriria para aquele carro esporte excepcional.

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina.

Publicidade