inflação e desemprego

Datafolha: 63% dos brasileiros afirmam ter problemas financeiros

Pesquisa ouviu 2.556 brasileiros em 181 cidades na quarta-feira (22) e quinta (23).

datafolha-63-dos-brasileiros-afirmam-nao-ganhar-o-suficiente-e-ter-problemas-financeiros
(Créditos: José Cruz/ Agência Brasil)

A pesquisa Datafolha divulgada pelo jornal ‘Folha de S.Paulo’ neste domingo (26) aponta que 63% dos brasileiros afirmam não ganhar o suficiente e ter problemas financeiros em casa. O Datafolha ouviu 2.556 brasileiros em 181 cidades na quarta-feira (22) e quinta (23). A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para mais ou menos.

Publicidade

Vale ressaltar que desse total, 37% declaram que o orçamento familiar não é suficiente e que, às vezes, chega a faltar. Já uma parcela de 26% diz que ganha muito pouco.

Segundo a publicação, a pesquisa divulgada neste domingo mostra uma reversão de tendência. A parcela de brasileiros que declarava ter limitações financeiras vinha recuando desde o seu pico, alcançado em julho de 2016, quando 67% responderam ter problemas com o orçamento. Há um ano, essa parcela havia retraído para 55%.

Relação com o desemprego

A taxa de desemprego no Brasil chegou a 9,4% em abril deste ano, o menor patamar desde outubro de 2015, de acordo com estudo divulgado nesta sexta-feira (24) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Na comparação com o mesmo mês de 2021, a taxa registrou queda de 4,9 pontos percentuais. Ao todo, o país tinha 11 milhões de desempregados em abril.

Segundo o Ipea, na outra ponta, a população ocupada em abril chegou a 97,8 milhões de trabalhadores, o maior patamar desde 2012. Em relação ao mesmo período do ano passado, a população ocupada aumentou 10,8% e, na comparação com março último, houve alta de 2,1%. De acordo com o Ipea, a análise dos dados mostra que a expansão da ocupação tem ocorrido de forma generalizada, envolvendo todas as regiões, todos os segmentos etários e educacionais e atingindo todos os setores da economia.

Publicidade

Publicidade