em queda

Em desvalorização, euro alcança paridade com o dólar pela primeira vez desde 2002

Operadores do mercado temem que uma crise energética aconteça na União Europeia devido à interrupção do fluxo de gás russo.

inflacao-na-zona-do-euro-atinge-86-e-bate-novo-recorde
(Créditos: Canva Fotos)

O euro alcança a paridade com o dólar nesta terça-feira (12) pela primeira vez desde o início de sua circulação, há duas décadas. Os dados foram divulgados pela Bloomberg.

Publicidade

A desvalorização do euro em comparação à moeda norte-americana está cada vez mais acentuada por conta de preocupações de que uma crise de energia levará a Europa a uma recessão. Por outro lado,  a valorização do dólar segue elevando as expectativas de que o Federal Reserve, banco dos Estados Unidos, aumentará as taxas de juros mais rapidamente.

Operadores do mercado temem que uma crise energética aconteça na União Europeia devido à interrupção do fluxo de gás russo. Um possível cenário de recessão pode dificultar os planos do Banco Central Europeu (BCE), caso a instituição queira finalizar a política de juros baixos, subindo a taxa a fim de combater a inflação.

“Não parece haver muito apoio ao euro neste momento. Não se refere apenas aos preços do gás, mas ao que parece ser uma divisão dentro do BCE sobre até que ponto eles devem aumentar as taxas”, disse  Sarah Hewin, economista sênior do Standard Chartered, à agência Reuters.

“O Fed vai aumentar as taxas de forma mais agressiva do que a maioria dos outros bancos centrais de mercados desenvolvidos e não achamos que outros bancos centrais realmente tenham como acompanhar essa elevação”, afirmou à Reuters Bipan Rai, chefe norte-americano de estratégia FX da CIBC Capital Markets em Toronto.

Publicidade