FGTS auxilia com R$6.220 em Dinheiro para pessoas atingidas com as enchentes! Veja

Saque-Aniversário de Até R$ 2.900 pelo Caixa Tem: Veja Como Solicitar Créditos: Shutterstock

Os moradores do Rio Grande do Sul que foram alcançados pelas recentes e severas enchentes enfrentam um período de reconstrução e recuperação. Neste contexto, uma medida governamental tem chamado a atenção: o saque emergencial do FGTS. Desde abril, as pessoas atingidas podem acessar fundos provenientes das suas contas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, o que tenta oferecer um fôlego financeiro nessas circunstâncias extraordinárias.

Publicidade

A iniciativa permite retirar até R$ 6.220, uma ajuda significativa para quem precisa reconstruir partes de suas vidas. Rodrigo Werner, tenente-coronel e secretário de Defesa Civil, destacou a importância do auxílio. Segundo ele, a liberação do FGTS reflete o reconhecimento, pelo Governo Federal, da gravidade da situação, abrindo caminho para que os recursos sejam utilizados prontamente.

Como solicitar o saque emergencial do FGTS?

Para os afetados, é crucial entender como proceder para garantir este benefício sem demoras. A CAIXA Econômica Federal mobilizou-se para facilitar este processo, disponibilizando duas formas para a solicitação: uma via digital, pelo aplicativo do FGF, e outra presencial, diretamente nas agências.

Procedimento para solicitação via aplicativo FGTS

O primeiro passo é acessar o aplicativo FGTS e seguir a sequência de opções: primeiramente, clicar em “Meus Saques”, depois em “Outras Situações de Saques” e selecionar “Calamidade Pública”. Informe o município de residência e opte pelo recebimento do recurso da forma que lhe convier: crédito em uma conta bancária de qualquer banco ou saque presencial. É necessário, também, fazer o upload dos documentos necessários e revisar antes da confirmação final.

Como realizar a solicitação presencial na CAIXA?

Para aqueles que preferem ou necessitam realizar a operação pessoalmente, é possível se dirigir a uma agência da CAIXA. É essencial apresentar um comprovante de residência recente, documento de identificação e outros documentos que comprovem o vínculo empregatício, como a CTPS física ou digital. A falta de um comprovante de residência pode ser suprida por uma declaração da Prefeitura local, confirmando o seu domicílio nas áreas afetadas pelas enchentes.

Publicidade

É recomendado que essa documentação seja preparada com antecedência para evitar qualquer contratempo, principalmente devido ao prazo final para tal solicitação, que se encerra nesta sexta-feira. Aproveitar essa ajuda é essencial para muitas famílias que buscam retomar as suas rotinas com um pouco mais de tranquilidade e segurança financeira.

  • Acesse o app FGTS e selecione “Meus Saques”;
  • Escolha “Calamidade Pública” como motivo do saque;
  • Escolha entre crédito em conta ou saque presencial;
  • Anexe e revise os documentos necessários;
  • Confirme a operação e aguarde a análise da CAIXA.

Através dessas orientações, esperamos que todos os atingidos pelas enchentes consigam acessar os seus fundos do FGTS com maior facilidade e assim aliviar parte das dificuldades enfrentadas. A solidariedade e o suporte do governo são fundamentais em momentos como este.

Publicidade
Siga a gente no Google Notícias

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber grátis o Menu Executivo Perfil Brasil, com todo conteúdo, análises e a cobertura mais completa.

Grátis em sua caixa de entrada. Pode cancelar quando quiser.