queda na bolsa

FII BTRA11 vai reduzir dividendos após fazenda investida pedir recuperação judicial

As cotas da carteira abriram o dia com baixa de 6%. Já os papéis despencaram 16%.

fii-btra11-vai-reduzir-dividendos-apos-fazenda-investida-pedir-recuperacao-judicial-fundo-cai-6
Além da fazenda Vianmancel, o portfólio do BTG Pactual Terras Agrícolas conta ainda com outros cindo imóveis (Crédito: Canva Fotos)

Após a a fazenda Vianmancel, em Nova Maringá (MT), entrar com pedido de recuperação judicial, o fundo BTG Pactual Terras Agrícolas (BTRA11) enfrenta mais uma queda significativa na Bolsa. As cotas da carteira abriram o dia com baixa de 6%. Já os papéis despencaram 16%.

Publicidade

A queda da cotação do fundo teve início depois da divulgação de fato relevante, na tarde desta quarta-feira (22), que confirmava a situação dos responsáveis pela fazenda, adquirida em agosto de 2021 pelo BTRA11. “O fundo tomou ciência da existência de pedido de recuperação judicial ajuizado pelos detentores do direito de uso de superfície dos imóveis”, diz o documento.

Segundo o portal BP Money, gestores do fundo se reuniram virtualmente com investidores e dimensionaram os primeiros impactos do problema. Inicialmente, a gestão prevê uma redução de até R$ 0,24 por cota na distribuição de dividendos. No mês passado, o BTG Pactual Terras Agrícolas depositou R$ 0,94 por cota, equivalente um retorno mensal de 0,92%.

De acordo com relatório gerencial, a fazenda Vianmancel tem uma área de 3.148 hectares e corresponde a 24% do valor patrimonial do fundo. O espaço é utilizado atualmente para o cultivo de grãos.

No ano passado, o BTG Pactual Terras Agrícolas adquiriu a fazenda Vianmancel – especializada na produção de milho e solja – por R$ 81 milhões.

Publicidade

Publicidade