Nível de inadimplência no Brasil volta próximo ao da pandemia

O valor da dívida total chegou a R$ 221 milhões

nivel-de-inadimplencia-no-brasil-volta-a-mesma-da-pandemia
O segmento de bancos e cartões são os que mais possuem inadimplentes (Crédito: Canva)

O nível de inadimplência no Brasil voltou ao pico da pandemia. Segundo o levantamento do Serasa, em fevereiro o número de devedores é de  65.169.146 pessoas. Este é o maior nível desde abril e maio de 2020. Especialistas ouvidos pela CNN Business, disseram que os traços da inadimplência no país são diferentes daqueles que eram observados em 2020.

Publicidade

A gerente da Serasa, Patrícia Camillo afirmou que as causas das dívidas são diferentes da pandemia. A inflação e os juros, desde a Covid-19 fizeram com que a inadimplência alcançasse patamares elevados. O segmento de bancos e cartões são os que mais possuem inadimplentes, mas atualmente  tem sido um pouco melhor, pois as pessoas usam muito o cartão para alimentação, que foi muito impactada pela inflação.

De acordo com a CNN, dados do Serasa mostram que o segmento de bancos e cartões registraram 28,63% no nível de inadimplência em fevereiro de 2022. Já as categorias de serviços de utilidade (23,19%), varejo (12,54%) e telecomunicações (7,43%). Camillo também disse, que o último levantamento mostrou que o valor da dívida total chegou a R$ 221 milhões e com isso se aproxima do valor somado na pré-pandemia.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Publicidade

Uma publicação compartilhada por Serasa (@serasa)

Publicidade