Abramovich participa da negociação entre Rússia e Ucrânia na Turquia

Nesta segunda-feira (28), a suspeita de que Abramovich e membros da delegação ucraniana foram envenenados foi levantada

abramovich-participa-da-negociacao-entre-russia-e-ucrania-na-turquia
Roman Abramovich (Créditos: Clive Mason/Getty Images)

Roman Abramovich, bilionário russo e dono do clube Chelsea, participou da negociação entre Rússia e Ucrânia em Istambul, na Turquia. A reunião aconteceu nesta terça-feira (29), no Palácio de Dolmagahce.

Publicidade

Imagens feitas de dentro do Palácio, na capital turca, mostram Abramovich escutando o discurso do presidente da Turquia, Tayyip Erdogan. De acordo com o portal G1, a Rússia afirma que o oligarca não faz parte da delegação oficial enviada pelo Kremlin.

O bilionário teve parte dos seus bens confiscados por governos europeus, entre eles iates. Nesta segunda-feira (28), a suspeita de que Abramovich e membros da delegação ucraniana foram envenenados foi levantada. O grupo passou mal na sequência de uma viagem para Kiev, o que levantou a possibilidade de envenenamento. O serviço de inteligência dos Estados Unidos descartou a possibilidade.

Entenda o conflito

Desde o dia 24 de fevereiro, Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Publicidade

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.