aumento de casos

China registra primeira morte por Covid em 6 meses

País não tinha óbitos desde 26 de maio, quando ocorreu o surto do vírus no porto de Xangai.

china-registra-primeira-morte-por-covid-em-6-meses
(Crédito: Getty Images)

Nesta segunda-feira (21), o governo chinês informou que registrou a primeira morte por Covid-19 em quase seis meses. O país não anunciava mortes desde 26 de maio deste ano, quando enfrentaram o maior surto de coronavírus no território.

Publicidade

Segundo o canal de televisão público CCTV, a vítima era um homem de 87 anos morador de Pequim, onde o aumento de casos provocou o fechamento progressivo de estabelecimentos comerciais. Ele apresentava sintomas leves de Covid, mas o quadro piorou com uma infecção bacteriana.

A morte ocorre durante uma nova onda de casos em Pequim e outras regiões. Um relatório da Comissão Nacional de Saúde informou que foram registrados mais de 24 mil novos casos positivos locais em 24 horas no país, a maioria assintomáticos.

A grande província manufatureira de Guangdong, onde ficam as metrópoles de Guangzhou e Shenzhen, é a mais afetada na China. Já Pequim registrou 621 novos casos. Parte da população está em confinamento em suas casas e muitas pessoas foram enviadas para centros de quarentena.

O país é a última grande economia do mundo que ainda aplica medidas estritas de Covid zero, que visam eliminar as cadeias de transmissão por meio de restrições nas fronteiras, testes em massa, quarentenas extensas e bloqueios rápidos em bairros ou cidades inteiras. Porém,  ao contrário dos surtos anteriores, as autoridades parecem querer evitar no momento a imposição de restrições generalizadas a uma população cada vez mais irritada com o rigor das medidas.

Publicidade