testagem em massa

Pequim intensifica restrições contra Covid-19

Pequim aumenta restrições contra Covid-19 para prevenir que o vírus se espalhe mais ainda na China.

pequim-intensifica-restricoes-contra-covid-19
Teste de Covid-19 (Crédito: Al Bello/Getty Images)

Pequim intensificou as restrições contra a Covid-19 conforme o vírus se espalha pela China. Foram fechadas mais de 60 estações de metrô e 158 rotas de ônibus. Restrições foram impostas a locais públicos nesta quarta-feira (4). Segundo autoridades de Pequim, foram fechadas escolas, restaurantes, academias e locais de entretenimento, assim como algumas empresas e prédios residenciais sem ter prazo determinado.

Publicidade

A expectativa é que testes em massa encontrem e isolem o vírus antes que ele se espalhe na cidade, que tem 22 milhões de habitantes. Dessa forma, doze dos dezesseis distritos da cidade realizaram a segunda rodada de testes nesta semana. Além disso, os moradores foram incentivados  a trabalharem de suas casas.

A cidade de Zhengzhou, que abriga 12,6 milhões de pessoas, também anunciou restrições contra a Covid-19, porém com a situação, dados mostraram que essa decisão prejudica empresas e o crescimento da cidade. A China tenta tomar medidas que possam diminuir a proliferação vírus, que autoridades acreditam ter surgido pela primeira vez na cidade de Wuhan no final de 2019.