Explosões em Kiev

Ao menos dois prédios residenciais foram atinigidos pelas bombardeios

explosoes-em-kiev
Ruas de Kiev (Créditos: Chris McGrath/Getty Images)

Aconteceram pelo menos 6 explosões em Kiev, capital da Ucrânia, na madrugada desta terça-feira (15). Entretanto, ainda não se sabe se as explosões ocorreram a partir de ataques russos, com alvo em Kiev, ou se foram armas de defesa ucranianas derrubando projéteis da Rússia.

Publicidade

De acordo com o jornal The Kyiev Independent, dois prédios residenciais foram atingidos pelos bombardeios. Ainda, ao menos duas pessoas morreram e outras 27 foram resgatadas dos locais.

Além disso, uma estação de metrô foi fechada na manhã desta terça-feira (15), devido a uma onda de choque. Em decorrência das explosões, o prefeito de Kiev, Wladimir Klitscko declarou um toque de recolher na cidade, a partir da noite desta terça-feira (15) e durará 35 horas, de acordo com o portal G1.

Entenda o conflito

Desde a quinta-feira, 24 de fevereiro, Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.

Publicidade