Rússia admite ter significativa perda de tropas na Ucrânia

Informação partiu do porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov

Rússia admite ter significativa perda de tropas na Ucrânia
(Créditos: Agency via Getty Images)

Dmitry Peskov, o porta-voz do Kremlin, admitiu brevemente nesta quinta-feira (7) que a Rússia sofreu algumas perdas “significativas” de suas tropas na Ucrânia, chamando as perdas de “uma enorme tragédia” para o país em entrevista à Sky News.

Publicidade

Quando questionado se a retirada das tropas russas de Kiev e de sua região poderia ser vista como “uma humilhação” para o Kremlin, Peskov disse que usar essas palavras seria “um entendimento errado da situação”.

“Temos perdas significativas de tropas e é uma grande tragédia para nós”, admitiu Peskov, acrescentando que o motivo da retirada da Rússia das regiões de Kiev e Chernihiv foi “um ato de boa vontade durante as negociações entre as delegações ucraniana e russa”.

Ele ainda acrescentou que a Rússia fez isso para “levantar a tensão dessas regiões, a fim de mostrar que a Rússia está realmente pronta para criar condições confortáveis ​​para a continuação das negociações”.