Secretário-geral da ONU diz que conflito nuclear é possível

António Guterres, também pontuou que é preciso evitar crise no sistema de abastecimento alimentar global

secretario-geral-da-onu-diz-que-conflito-nuclear-e-possivel
Secretário-geral da ONU, António Guterres (Crédito: Pool/Getty Images)

O secretário-geral da ONU, António Guterres diz que conflito nuclear é possível de acontecer. Nesta segunda-feira (14), Guterres afirmou que o conflito nuclear pode ser uma ameaça e então, entra no campo das possibilidades. Além disso, o secretário-geral disse que a comunidade internacional precisa estar em conjunto para evitar uma crise no sistema de abastecimento alimentar global.

Publicidade

António Guterres, disse que a Rússia e a Ucrânia são importantes produtores de alimentos e que o custo e atraso no envio de bens importantes está chegando a níveis jamais vistos. Em uma publicação no Twitter, nesta segunda-feira (14), o secretário-geral da ONU disse que a tragédia precisa parar. “A Ucrânia está pegando fogo e sendo dizimada diante dos olhos do mundo. Essa tragédia deve parar. Precisamos de uma cessação imediata das hostilidades e de negociações sérias baseadas nos princípios das Nações Unidas. Carta e direito internacional.”

O secretário-geral da ONU disse também que nunca é trade para voltar à diplomacia. Guterres analisou a possibilidade de uma zona de exclusão aérea que é um dos pedidos feito pelo governo da Ucrânia, mas que ainda não foi atendido. “Essa questão é analisada por vários países, mas é vista como um risco de intensificação da guerra, o que poderia levar a um conflito global. Baseado nessa análise, creio que devemos ter prudência”.

Conflito Rússia e Ucrânia

No dia 24 e fevereiro, o governo russo invadiu à Ucrânia e bombardeou regiões do país. Após várias ameaças Vladimir Putin autorizou os ataques por terra, ar e mar. Alguns dos motivos pelo qual esta invasão aconteceu é a aproximação da Ucrânia com o Ocidente.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia entre para OTAN. Além disso, Putin quer aumentar o seu poder de influência na região. A Rússia e a Ucrânia já passaram por outros conflitos. Por mais que hoje, a Ucrânia seja independente sua relação com a Rússia não é totalmente resolvida.

Publicidade

Nas redes sociais, Guterres disse que milhares de pessoas na Ucrânia precisam de assistência de emergência. “Existem centenas de milhares de pessoas na Ucrânia que precisam de assistência de emergência. O fornecimento de equipamentos médicos aos hospitais também é uma prioridade urgente. Apelo para que as passagens sejam abertas e mantidas em segurança para que as pessoas possam obter ajuda para salvar vidas e escapar em segurança.”

Publicidade