Tunísia nomeia mulher como primeira-ministra pela 1ª vez

O presidente da Tunísia, Kais Saied, nomeou a geóloga e professora mesmo com pouca experiência de governo

campo-de-tupi-e-maior-produtor-de-oleo-em-agosto,-diz-anp

A geóloga e professora universitária, Najla Bouden Romdhane, foi nomeada nessa quarta-feira (29), como primeira-ministra da Tunísia. Najla é a primeira mulher a ocupar o cargo na história do país.

Publicidade

Segundo o G1, o presidente da Tunísia, Kais Saied, nomeou a professora mesmo com pouca experiência de governo.

A Tunísia enfrenta no momento uma crise institucional, desde que em julho desse ano, o presidente suspsendeu as atividades do parlamento por 30 dias. Além de destituir o primeiro-ministro Hichem Mechichi e assumir a autoridade do poder Executivo, de acordo com o site da Cultura.

O presidente do país relatou em um vídeo que a nova primeira-ministra, honra as mulheres tunisianas e pediu a ela que forme um governo nas próximas horas ou dias “porque já perdemos muito tempo”.

Publicidade

Najla Bouden provavelmente terá menos poder do que seus antecessores que já ocuparam o mesmo cargo desde 2014, quando a Constituição atual do país passou a vigorar, finaliza a matéria do G1.

Publicidade