Informações Privilegiadas

Yuji Naka, co-criador do Sonic, é preso no Japão

O programador é acusado da prática de inside trading no mercado financeiro.

Yuji Naka, co-criador do Sonic, é preso no Japão
Yuji Naka, co-criador do Sonic (Crédito: Reprodução/Redes Sociais)

O designer Yuji Naka, um dos criadores do Sonic, foi preso nesta sexta-feira (18) no Japão. O programador de 57 anos é acusado por crimes contra o mercado financeiro. Naka teria usado informações privilegiadas para se beneficiar no mercado de ações.

Publicidade

O programador trabalhava na empresa de produção de jogos Square Enix que, em colaboração com o estúdio Aiming, desenvolveu o Dragon Quest Tact, jogo que foi lançado no início de 2020.

A prisão de Yuji Naka acontece após outros ex-funcionários da Square Enix também serem detidos pela mesma investigação. Taisuke Sazaki e Fumiaki Suzuki também se utilizaram de informações privilegiadas para ganhar dinheiro com ações.

Antes do jogo ser lançado, Naka, Sazaki e Suzuki teriam comprado ações do estúdio de criações Aiming. Segundo a imprensa local, Yuji Naka teria adquirido 10 mil ações da empresa por cerca de US$ 20 mil.

Já Sazaki e Suzuki são acusados de adquirirem US$ 336 mil em ações da Aiming. A compra destes papéis teria acontecido entre dezembro de 2019 e fevereiro de 2020, dias antes do lançamento do Dragon Quest Tact.

Publicidade

A Square Enix divulgou um comunicado confirmando a investigação e disse estar colaborando com a apuração das autoridades:

“Alguns meios de comunicação informaram que os ex-funcionários da Square Enix estavam sob investigação por suspeita de uso de informações privilegiadas. Como a investigação do Ministério Público do Distrito de Tóquio está em andamento, continuaremos a cooperar totalmente com a investigação”, afirmou a empresa.