Butantan estuda nova versão de vacina contra variante Ômicron

O novo estudo concluiu a fase 1 e agora conversa com a Anvisa para que sejam iniciadas as fases 2 e 3

butantan-estuda-nova-versao-de-vacina-contra-variante-omicron
Imunizante Coronavac (Crédito: Rodrigo Paiva/Getty Images)

O Instituto Butantan está estudando uma nova versão de vacina contra variante Ômicron. O trabalho visa que a vacina Butanvac, produzida pela instituição, tenha proteção para a variante Ômicron do coronavírus.

Publicidade

De acordo com o presidente Dimas Covas, o novo estudo concluiu a fase 1 e agora conversa com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para que sejam iniciadas as fases 2 e 3. O presidente do Butantan também informou que ainda neste mês a Sinovac deve iniciar um estudo em Hong Kong para desenvolver uma versão da CoronaVac que inclua proteção contra a variante Ômicron.

O governador de São Paulo, João Dória relatou que a nova fábrica do instituto está na parte de instalações de equipamentos e deve começar a funcionar no próximo semestre. Dória também anunciou que nesta quinta-feira (17), chegariam 10 milhões de doses da Coronavac para vacinação das crianças.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), liberou o imunizante da Coronavac para ser utilizado na vacinação de crianças entre 6 e11 anos contra a Covid-19. Crianças imunossuprimidas ou que tenham cinco anos devem tomar o imunizante da Pfizer.

Dimas Covas, disse que nos próximos 15 dias deve solicitar à Anvisa a autorização da ampliação da Coronavac para crianças entre 3 e 6 anos.

Publicidade