Circulação de trens é interrompida após falha na Linha 9 – Esmeralda

De acordo com a concessionária responsável pela operação, a ViaMobilidade, a paralisação aconteceu por um problema na alimentação elétrica dos trens no trecho

Circulação de trens são interrompidos após falha na Linha 9 - Esmeralda
Os passageiros da estação Grajaú, tiveram que aguardar quase 50 minutos para conseguir embarcar (Créditos: Alexandre Schneider/Getty Images)

Em pleno o horário de pico do transporte público da capital paulista, uma falha na Linha 9 – Esmeralda parou a circulação de trens, lotou as plataformas e fechou as estações nesta segunda-feira (14). A linha era gerenciada pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Porém, no final de janeiro, passou a ser administrada pela ViaMobilidade.

Publicidade

Até as 7h30, os trens circularam com velocidade reduzida e maior tempo parada entre as estações Jurubatuba e Autódromo. Os passageiros da estação Grajaú, tiveram que aguardar quase 50 minutos para conseguir embarcar. Por volta das 7h50, os passageiros foram informados da paralisação e que o sistema Paese tinha sido acionado.

As estações estavam lotadas e inúmeros passageiros estavam tentando pegar seu dinheiro de volta da passagem para seguir caminho por outro meio de transporte. Às 8h, a estação Grajaú foi esvaziada e fechada.

De acordo com a concessionária responsável pela operação, a ViaMobilidade, e que faz as manutenções das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, a paralisação acontece por um problema na alimentação elétrica dos trens no trecho.

Ainda não tem previsão de quando irá volta a operar as linhas, os técnicos trabalham no local para tentar normalizar a situação. Na Linha 8 – Diamante, problemas técnicos também prejudicam a circulação dos trens, que operam com velocidade reduzida e maior tempo de parada. O problema foi normalizado por volta das 9h30.

Publicidade

Problemas recorrentes

De acordo com o G1, um levantamento feito aponta que, só em 2022, foram registrados 25 falhas nas linhas da CPTM e da ViaMobilidade (8 e 9). Desse total, 11 aconteceram em janeiro e 14 de fevereiro. A Linha que é a campeão em dar problemas é a 9 -Esmeralda, com 8 falhas.

Metrô Linha Azul

Um pouco mais cedo, a Linha 1 – Azul do Metrô apresentou lentidão. Segundo informações do Metrô, entre 7h06 e 7h15 uma falha no sistema de sinalização na linha desregulou o intervalo de circulação dos trens.