Podemos confirma desfiliação de Arthur do Val

Diretório nacional do partido acata pedido de desfiliação do deputado estadual, conhecido também como Mamãe Falei.

podemos-confirma-desfiliacao-de-arthur-do-val
Arthur do Val também pediu para deixar o Movimento Brasil Livre (MBL) (Crédito: Reprodução/Twitter)

O Podemos confirmou nesta terça-feira, 08, a desfiliação do deputado estadual Arthur do Val. Isso após a divulgação de áudios sexistas em que diz que mulheres ucranianas são “fáceis porque são pobres“. Mais cedo, o parlamentar havia pedido sua desfiliação do partido.

Publicidade

No dia da Mulher (08 de março), Podemos recebe e acata desfiliação do deputado estadual Arthur do Val (SP), diante da abertura do processo disciplinar que poderia resultar em expulsão do parlamentar“, afirmou a legenda em nota oficial. O comunicado também ressalta a pressão da Executiva Nacional e de lideranças políticas do partido.

Na segunda-feira, a legenda abriu um procedimento disciplinar interno para avaliar um pedido de expulsão do deputado protocolado pela presidente do Podemos Mulher Nacional, Márcia Pinheiro, e pela presidente do Podemos São Paulo, Alessandra Algarin.

Na ocasião, Arthur do Val disse que não tinha pensado sobre o processo de expulsão, mas que não pretendia pressionar a legenda a aceitá-lo. “Não quero que o partido seja forçado a me aceitar lá dentro, se o partido não me quiser, eu saio“, disse o deputado estadual, conhecido como Mamãe Falei.

Deputado também deixa MBL

Publicidade

Arthur do Val também pediu para deixar o Movimento Brasil Livre (MBL). Em nota, o movimento lamentou a saída do deputado e espera que o afastamento do parlamentar seja temporário.

Mamãe Falei já havia retirado a pré-candidatura ao governo de São Paulo. Ele migrou ao Podemos no começo do ano junto a lideranças do MBL, como forma de impulsionar o nome do presidenciável do partido, Sérgio Moro. Mas após a divulgação dos áudios, o ex-juiz foi criticado pela aliança com Arthur do Val e divulgou nota de repúdio às declarações.

Na Assembleia Legislativa de São Paulo, o deputado enfrenta ainda nove representações individuais e três coletivas que pedem sua cassação por quebra de decoro. Ao menos 40 parlamentares já solicitaram a punição formalmente.

Publicidade

Procurado, Arthur do Val não respondeu sobre sua desfiliação ao partido. Mais cedo, enviou carta aos parlamentares pedindo para que não seja cassado pela Alesp e confirmando que não tentará a reeleição ao cargo.

*reportagem original em:https://www.terra.com.br/noticias/arthur-do-val-podemos-confirma-desfiliacao-do-integrante-do-mbl,0448b59c55e28a7965088e4a121a8459se0jyywr.html

Publicidade