Explicar o Reajuste

Senado realizará audiência com diretor da ANS pelo aumento dos planos de saúde

Hoje no Brasil, os planos de saúde individuais e familiares atendem cerca de oito milhões de beneficiários, que correspondem a 16,8% dos usuários de planos de saúde.

Senado realizará audiência com diretor da ANS pelo aumento dos planos de saúde
O senador Randolfe Rodrigues (Rede) é o idealizador do requerimento (Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Nesta terça-feira (31), a Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal aprovou o requerimento para a realização de uma audiência com o diretor da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Paulo Rebello. O objetivo da Comissão é que o diretor explique o reajuste, autorizado pela ANS, de 15,5% nos planos de saúde individuais e familiares.

Publicidade

A data da audiência no Senado ainda não foi definida, mas o senador Randolfe Rodrigues (Rede), que criou o requerimento, criticou a decisão e vê urgência no corrimento do processo, além de ter apresentado projetos para reverter a liberação definida pela ANS:

Publicidade

“O governo precisa justificar os motivos de um aumento tão absurdo num período de crise como este que nosso país enfrenta.”

Hoje no Brasil, os planos de saúde individuais e familiares atendem cerca de oito milhões de beneficiários, que correspondem a 16,8% dos usuário de planos de saúde. No ano passado, o reajuste foi negativo (-8,1%) por conta da pandemia de Covid-19. Muitos procedimentos eletivos, como exames e consultas, foram cancelados, o que levou à redução das despesas médicas.

O último reajuste, anunciado na quinta-feira passada (26), é o maior da série histórica da ANS, que começa em 2000.

Publicidade