Futuro Sustentável

Chevrolet lançará três novos SUVs elétricos na América do Sul

Eles são o Bolt EUV, o Blazer EV e o Equinox EV. Existem ainda outros modelos em fase de estudo de mercado que serão apresentados nos próximos anos.

Chevrolet lançará três novos SUVs elétricos na América do Sul
A Chevrolet unirá dois tipos crescentes no mercado: os modelos SUVs e os elétricos (Crédito: Justin Sullivan/Getty Images)

A Chevrolet sabe que o avanço dos elétricos não para. É claro que mais cedo ou mais tarde todos iremos conduzir carros eletrificados em algumas das suas variantes, sejam eles híbridos ou cem por cento elétricos, em qualquer uma das suas formas ou segmento.

Publicidade

Essa corrida também acontece em nossa região, mercado em que se agrega um novo concorrente, a General Motors (GM). De fato, a empresa americana acaba de anunciar via YouTube que incorporará três dos SUVs elétricos que seu equipamento Chevrolet atualmente possui em sua oferta regional. Eles são o Bolt EUV, o Blazer EV e o Equinox EV.

O anúncio foi feito por Santiago Chamorro, presidente da GM South America, e Marina Willisch, vice-presidente de Comunicações, Relações Governamentais e ESG da GM South America.

Os dois executivos também compartilharam detalhes sobre o cronograma de lançamento desses futuros produtos e destacaram a ofensiva que a empresa promoverá em relação à eletrificação iniciada em 2019 na América do Sul com a comercialização do Bolt EV no Brasil.

“O próximo modelo a chegar à região será o Bolt EUV, que estreia na Colômbia no segundo semestre deste ano. Em seguida, planejamos oferecer outros modelos globais da marca, como o Blazer EV e o Equinox EV, que ainda estão em desenvolvimento nos EUA e que devem chegar aqui mais tarde”, afirma Chamorro.

Publicidade

Esta série da Chevrolet de veículos elétricos de emissão zero, passa a ser identificada de forma diferente nas comunicações da marca, com as letras EV no logotipo destacadas em azul.

Para a GM o futuro é elétrico

A estratégia da GM é desenvolvida em três pilares: “Zero Acidentes, Zero Emissões e Zero Congestionamento”, metas que pretende atingir até 2040. Para isso, a empresa está investindo 35 bilhões de dólares no desenvolvimento de 30 veículos elétricos e autônomos para 2025 .

“Estamos caminhando globalmente nessa direção. Uma parte importante desse processo é tornar nossos veículos a combustão cada vez mais sustentáveis até a migração total do mercado para veículos 100% elétricos, os únicos que não emitem nenhum tipo de gás poluente”, explica Marina.

Publicidade

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina.