Fiat Grand Siena e Doblò abandonam o motor 1.8 E-Torq

A marca italiana deixou de oferecer dois modelos consagrados no Brasil e acabou com o veterano motor a gasolina. Será a mecânica do Pulse que o substituirá?

Fiat Grand Siena e Doblò abandonam o motor 1.8 E-Torq
(Crédito: Divulgação/ Fiat)

A Fiat se despediu de dois modelos no Brasil, Grand Siena e Doblò, e também do conhecido motor 1.8 E-Torq de 130 cv. O mesmo que tem Cronos e Argo em suas versões mais completas, e também Toro e Jeep Renegade em suas configurações mais econômicas.

Publicidade

Esta mudança também afetou Grand Siena e Doblò. No caso do sedã, ele será substituído pelo Cronos.

Por outro lado, como bem indicou a Quatro Rodas, o utilitário também deixará de ser oferecido.

Agora, a grande dúvida é se a despedida do motor 1.8 E-Torq deixará espaço para uma mecânica mais moderna. Entre eles, o 1.0 turbo da Stellantis, (o mesmo do Pulse), e o 1.3 da mesma origem aparecem como possíveis substitutos. No caso do turbo 1,3 litro, ele já está disponível no Compass e em algumas versões do Toro, enquanto no primeiro trimestre será oferecido com o restyling Renegade.

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina

Publicidade