Futuro da Volkswagen Tarok: será a irmã da Ford Maverick?

Sabe-se que um dos projetos de futuro da marca alemã é o desenvolvimento de uma caminhonete menor que a Amarok

Futuro da Volkswagen Tarok será a irmã da Ford Maverick
(Crédito: Divulgação/ Volkswagen)

Uma das apostas possíveis da Volkswagen para o futuro ciclo de investimentos poderia ser o desenvolvimento de uma picape compacta, como a Tarok, preparada para competir com modelos como o Fiat Toro, o futuro Chevrolet Montana e o Ford Maverick.

Publicidade

Ainda não há nada dito, mas recentemente foi apresentado um “conceito de picape”, chamado Tarok, que mostrou como o design dessa caminhonete poderia ser. Além disso, as declarações de alguns gestores colocam o mercado em alerta.

É importante lembrar que com o lançamento do Taos e a chegada da plataforma MQB à planta argentina na cidade de General Pacheco, Buenos Aires, as possibilidades de desenvolvimento de uma caminhonete compacta aumentaram. Alguns chegam a apostar que sua eventual fabricação teria início nos próximos anos, quando o Amarok estiver mais próximo do fim de seu ciclo de vida (ele coexistirá com a segunda geração).

Espera-se que no caso de Tarok se transformar em realidade, ele mostrará um estilo de design muito semelhante ao de seu possível irmão de SUV, Taos.

Embora as recriações não demorassem a chegar, o KDesign não só misturou seu DNA com o utilitário esportivo de médio porte, mas também o tornou semelhante ao Ford Maverick, uma ação que poderia até acontecer, se levarmos em conta que a Ford e a Volkswagen estão associadas ao desenvolvimento de modelos comerciais, à semelhança do que acontece com as novas gerações de Amarok e Ranger.

Publicidade

É por isso que nas projeções podemos notar semelhanças e diferenças entre o Tarok e o Maverick. De um ponto de vista externo, ele se assemelha claramente ao Taos e ao conceito de picape divulgado pela Volkswagen, enquanto por dentro tem semelhanças com o modelo Ford.

De qualquer forma, deve-se levar em consideração que no caso do projeto Tarok, a plataforma seria o MQB de origem alemã e não o C2 do Bronco Sport, enquanto dentro de casa poderia ser idêntico ao Taos e não ter tantos similares para a picape Ford.

Publicidade

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina.