Suposta má qualidade

Ministérios da Justiça investiga Toyota

Secretaria Nacional do Consumidor notificou a montadora sobre a “suposta má qualidade” da tinta que cobre os escapamentos.

Ministérios da Justiça investiga Toyota para um componente do novo Corolla Cross
Caso seja constatado que a Toyota agiu de má-fé, poderá enfrentar sanções administrativas (Crédito: Justin Sullivan / Equipa)

O Ministério da Justiça brasileiro abriu um processo contra a marca japonesa pela “suposta má qualidade” da pintura com que são revestidos os escapamentos do SUV. No início do ano, a Toyota apresentou no Brasil uma atualização de equipamentos (chamada “linha 2023”) tanto para o Corolla, quanto para o Corolla Cross.

Publicidade

Além de melhorar a dotação de segurança de ambos os modelos, foi feita uma pequena modificação estética no SUV médio: o escapamento passou a ser pintado de preto, solução que a marca aparentemente adotou devido às recorrentes reclamações de clientes incomodados com o brilho deste peça que foi apreciada no setor traseiro.

No entanto, parece que a solução pode lhe dar uma dor de cabeça. Nesta semana, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacom) – órgão que pertence ao Ministério da Justiça – notificou a montadora sobre a “suposta má qualidade” da tinta que cobre os escapamentos.

“Estamos atentos às práticas que prejudicam a transparência na relação entre empresas e consumidores”, disse o ministro da Justiça, Anderson Torres, acrescentando que, caso seja constatado que a Toyota agiu de má-fé, poderá enfrentar sanções administrativas.

Conforme relatado por nossos colegas do Quatro Rodas, o objetivo da Senacon é entender a “suposta diferenciação entre a qualidade, o desempenho e a estética de todos os itens de veículos vendidos no Brasil, em comparação com os da mesma marca e modelo vendidos no Brasil, nos países da Europa e América do Norte”. Nos territórios mencionados, o SUV da Toyota é vendido em configuração semelhante, com o escapamento pintado de preto fosco.

Publicidade

Outro argumento do órgão de segurança é que como puderam revelar, muitos proprietários da “linha 2023” do Corolla Cross afirmaram estar insatisfeitos com a qualidade da tinta, já que ela descasca em pouco tempo.

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da PERFIL Argentina.