O novo Lada Niva usará o motor Renault Duster

O mítico modelo russo prepara-se para ser reconvertido graças à associação da marca ao grupo Renault. Espera-se uma grande evolução para este 4×4.

O novo Lada Niva usará o motor Renault Duster
(Crédito: Divulgação)

O novo Lada Niva nos remete aos anos 90, quando várias unidades desse 4×4 chegaram à região. De qualquer forma, em território russo há décadas é um dos modelos mais emblemáticos, devido ao seu baixo custo e excelente desempenho.

Publicidade

Até agora, o veículo off-road ali comercializado pela AvtoVAZ dificilmente adotou mudanças estéticas significativas, mas como já dissemos várias vezes, o Grupo Renault se prepara para a estreia de uma nova geração do Niva, mantendo o DNA clássico da (retrô), sem deixar de lado as novas tecnologias do século XXI.

Até agora, o Niva já foi visto em teasers e até em projeções. Conforme revelado pela Automotive News, o novo 4×4 será comercializado em opções de carroceria curta (três portas) e longa (cinco portas).

Um ponto relevante será a incorporação da plataforma CMF-B, além do fato de que a carroceria deve ser segura e econômica para não alterar o preço desse modelo inédito.

Entre as novidades mais interessantes está o motor, já que terá um 1.3 turboalimentado de 150 cv, desenvolvido em parceria com a Mercedes-Benz, presente em outros modelos como o Duster. A transmissão será automática do tipo CVT X-Tronic.

Publicidade

Prevê-se que este novo veículo todo-o-terreno seja apresentado no final de 2023 ou início de 2024, com um moderno sistema de tração, mas ao mesmo tempo mantendo a habitual simplicidade e robustez, uma vez que o sistema de engate será mecânico e sem eletrônicos. Ainda não há nada definido para isso, mas tudo indica que será vendido na América Latina.

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina.

Publicidade