Novo SUV cupê da Chevrolet será compacto ou médio?

A General Motors dará um passo forte com um novo utilitário esportivo estilo cupê, embora por enquanto não se saiba em qual segmento vai participar, onde será fabricado e para quais mercados chegará

O novo SUV cupê da Chevrolet: será compacto ou médio?
(Crédito: Divulgação/ Chevrolet)

A Chevrolet apresentará um novo SUV cupê em vários mercados. Até agora, as imagens e os dados obtidos provêm da Coreia do Sul, embora deva ser levado em conta que a General Motors tem vários centros de desenvolvimento e pesquisa na Ásia, que geralmente repercutem no Ocidente.

Publicidade

No momento, tudo indica que o próximo modelo será o substituto do Trax (nosso Tracker de primeira geração, ainda vendido nos Estados Unidos), embora ainda não esteja claro em qual segmento ele será posicionado.

Conforme revelado pelo Quatro Rodas, graças às contribuições da imprensa sul-coreana, trata-se do projeto 9 BQC, modelo que terá uma queda acentuada no vidro traseiro e será produzido em Changwow a partir de 2023.

A planta foi modernizada e “aproveitou” a crise dos semicondutores e a paralisação temporária das operações para avançar com as atualizações.

A plataforma utilizada será a VSS-F, (a mesma que terá a futura picape compacta Montana), uma evolução do GEM utilizado em vários modelos da Chevrolet como Onix, Onix Plus ou Tracker.

Publicidade

Algo semelhante acontece, por exemplo, em outras marcas do grupo como a Buick, onde se encontram o Encore (irmão do Tracker) e o Encore GX. O primeiro utiliza a base GEM, enquanto o segundo possui o VSS-F, com a diferença de que um é compacto e o outro médio.

Aparentemente, o modelo cupê Chevrolet seria do segmento C (médio) e poderia ser um rival para, por exemplo, Jeep Compass, Toyota Corolla Cross e Volkswagen Taos, entre outros, embora com design diferenciado.

No passado, falava-se em “projetos gêmeos”, embora no momento apenas a picape compacta tivesse prosperado. Voltando ao futuro SUV cupê, desde as primeiras fotos surgiram rumores sobre a possibilidade de tê-lo em nossa região e de uma eventual produção na Argentina.

Publicidade

Falou-se também da possibilidade de o Tracker ser fabricado na fábrica da GM no país vizinho, embora o nome do projeto, mais conhecido como AVA (High Added Value), indique que se trata de um modelo mais completo ou até maior .

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina.

Publicidade